Notícia
Postada em 18/12/2010 às 10:58 Jornal O Estado: Presidente Mauro Carmélio dá exemplo para o Brasil
Presidente1


Em entrevista ao O Estado Mauro Carmélio presta conta do seu primeiro ano de administração da mentora.

A prestação de contas que o presidente da Federação Cearense de Futebol (FCF), Mauro Carmélio fará na próxima segunda-fira (20) ainda será quando era vice-presidente em 2009. Mas nesta entrevista ao O Estado ele presta conta do seu primeiro ano de administração da mentora. Mauro Carmélio tomou posse em 19 de dezembro de 2009. No próximo domingo faz um ano a frente de uma gestão que ele batizada de profissional e voltada para o bem do futebol cearense. Carmélio recebeu a reportagem de O Estado, na noite de anteontem, em seu gabinete na sede da FCF, no bairro Benfica. O presidente vinha de uma reunião com o pessoal do Sistema Verdes Mares (SVM), que tratava da transmissão dos jogos do Cearensão 2011.

Antes de começar a entrevista Mauro ligou para o diretor da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Virgíio Elísio para saber da Taça do Guarany/S, campeão brasileiro da Quartona de 2010. Ela chega hoje para ser entregue oficialmente ao Bugre. Mauro conversou com Virgílio sobre Copa do Brasil, onde Ceará, Fortaleza e Horizonte vão participar enfrentando na primeira fase Cuiabá (MT), Fast (AM) e ASA (AL), respectivamente.

Mauro profissionalizou a FCF e neste primeiro ano já colheu frutos disso. Como advogado que é é um legalista. Tanto que no balanço que fez citou como um fato inusitado um caso de uma dirigente que no começo de sua gestão este ano, em fevereiro, entrou esbaforido em seu gabinete dizendo que não aguenta mais tanta documentação para seu time jogar. “Presidente isso é um absurdo.

Você está pedindo muita coisa. Muito documento. Mas ai o dirigente se convenceu que isso é necessário e que todos times têm que cumprir. Ele disse que estava convencido que não poderia enrolar, mas estava satisfeito porque os outros não iam enganá-lo. Ele saiu do meu gabinete com essa lição. Para implantar essa profissionalização houve resistência. Foi a resistência que os clubes tiveram”.

METAS
O presidente da FCF, que inaugura a nova sede da mentora em 23 de março de 2011, destaca primeiros as metas para o próximo ano. “Quero dar sangue novo a arbitragem. Nosso quadro está velho. Tanto que estamos fazendo um curso na Universidade de Fortaleza (Unifor) e faremos outro no Cariri. São cursos seletivos para formar um novo quadro de árbitros, pois temos uma geração de bons árbitros, mas que está antiga”, destaca. Mauro lembra que os cursos são dados pela Escola Alzir Brilhante.

O mentor faz questão de enaltecer o assistente Thiago Brigido como um dos melhores do Brasil e vai trabalhar para ele seja Fifa. Brigido tem quatro anos como profissional. “Ele é uma grande revelação ao lado da assistente Carolina Romanholi. Thiago foi nota dez no jogo Flamengo e Santos pela Primeirona que ele trabalhou. Vamos vê se a gente consegue ele para ser Fifa”.
Membro da Fifa hoje só a árbitra Eveliny Almeida. “Ela passou no teste de renovação”, diz Mauro lembrando que Almeida Filho (irmão de Eveliny “não passou no teste Fifa”.

Outra meta, depois de um ano para arrumar a casa e agora dar uma respirada, é valorizar as ligas do Interior. “Prometi fazer o Interligas e este ano espero concretizar este certame. Faço essa cobra todos os dias e pretendo viabilizar a competição. O que está pegando é o lado financeiro, mas vamos atrás”.

Uma terceira meta é a dotação de estádios com condições de realizar jogos com segurança. “Uma determinação da CBF não permite mais que se realize jogos de portões fechados. Então dos 34 estádios listados pelo Grupo de Trabalho de Vistoria dos Estádios já indicamos as pequenas carências que eles têm para as devidas tomadas de providências de seus administradores. O que mais me preocupa é o Presidente Vargas, uma vez que o Castelão será fechado por completo em 31 de março próximo. O Ceará e o Tiradentes vão jogar aonde. Fortaleza e Ferroviário têm seus estádios com condições, mas Ceará e Tiradentes não. Eles vão jogar no Pici? Claro que não. Isso me preocupa”, atesta Mauro.

O presidente lembra que “agi com pulso forte em 2010 para aplicação da Lei Federal que garante segurança nos estádios e que agora em 2011 será a mesma coisa. Além dos laudos de Crea, Vigilância Sanitária, Bombeiros e Polícia, estamos exigindo o laudo técnico. Mas são problemas resolvivéis que devem ser solucionados dentro do prazo que temos. Qualquer coisa temos estádios alternativos para realizar os jogos do Cearense”.

Balanço da gestão
Agora fazendo o balanço de 2010, Mauro fala com entusiasmo da participação dos representantes cearenses no Brasileirão. “O Ceará se manteve na Primeirona e ainda ganhou uma vaga na Sul-Americana. O Icasa se manteve na Segundona. O Guarany é campeão brasileiro da Quartona, subindo para Terceirona. Apenas o Fortaleza foi quem não subiu para Segundona e não mandou todos seus jogos no Alcides Santos. Mas o ano foi positivo nacionalmente”.

Hoje, a FCF tem credibilidade nacionalmente e isso se deve a gestão co-participativa que fazemos com os clubes, salienta Mauro. “Hoje os clubes têm uma sala na FCF para reuniões e ou tratar de documentação. O tratamento é igual para os profissionais, amadores e ligas”.

Mauro festeja o sucesso da Primeira, Segunda e Terceira Divisões de 2010. “Realizamos os certames como o previsto, sem problema de regularização de jogadores, pois todos os times têm um email direto com o departamento de registro. Não tivemos nenhum caso de jogador atuar irregularmente. Todos são registrados na CBF. Não existe mais malote. Abaixo o malote”.

Fonte: Jornal O Estado

Competições









    FCF Diretoria Localização CBF Atletas por Clube Boletos BID-E Ficha do Atleta DOWNLOADS 2020 2019 ARBITRAGEM Quadro Regras TJDF CLUBES 1ª Divisão 2ª Divisão 3ª Divisão Não Profissionais Inativos Ligas Campeões Ranking CAMPEONATOS Série B 2020 Pro Clubs 2020 Ypioca 2020 Sub/13 2019 Feminino 2019 Copa Uninta Sub/19 2019 Master 50 2019 IMPRENSA Notícias Imagens Vídeos FIQUE EM CONTATO Ouvidoria Links Youtube Twitter RSS  
 
Federação Cearense de Futebol - Rua Paulino Nogueira, 77, Benfica - (85) 3206.6500 - ouvidor@futebolcearense.com.br